Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Muse’

muse-the-resistance
A
banda inglesa Muse estreou na rede o clipe da música Uprising. A faixa faz parte do recém-lançado The Resistance, quinto álbum da banda, que começou a ser gravado em 2008. As gravações foram na Itália com o produtor Mark Spike Stent, que trabalha com o Oasis.

Nas entrevistas, o trio contou que o som deles irá tocar até em rádio de música clássica. “Há várias coisas no álbum que são muito orquestrais e isso pode tomar conta do disco. Acho inclusive que pode até se afastar do rock e se tornar algo clássico”, explicou Matt Bellamy, vocalista do Muse, à rádio BBC.

O trio britânico, com influências do legado Radiohead, mistura o lado progressivo do rock com a dinâmica da eletrônica. As capacidades vocais de Mathew Bellamy e a energia quase sobre-humana que a banda empresta às interpretações dos temas continuam a ser os factores mais marcantes da carreira do grupo. Segundo a magazine digital Pa Lamber,  “um ligeiro grau de insanidade é transversal ao trabalho dos Muse, mas o disco faz de toda essa loucura terreno fértil”.  “As letras tem enfoque em conspirações, união das pessoas e amor, num clima de grandiosidade beirando o exagero na maioria das longas faixas.”

Espia aí e opina. a) Curti; b) Bom pra ouvir de vez em quando c) Bom pra ouvir no vaso d) Põe fogo nesse álbum!

Formação: 1994, na escola. “Eu conheci o Matt e o Dom uns cinco anos antes de começarmos a banda. Eu estava em uma banda, Matt e Dom em uma outra, mas a deles estava acabando e a minha estava se desmanchando também, então, nós nos juntamos a partir daí“, afirma Chris.

Nome: Antes de se chamar Muse, já teve o nome de Gothic Plague e Rocket Baby Dolls para finalmente se chamar Muse.

Influências: Jeff Buckley, Queen e Rage Against the Machine.

Showbiz: Em 1999 lançaram o CD Showbiz, álbum bem recebido pelos críticos através dos singles Muscle Museum,  Showbiz e Unintended tiveram algum sucesso dentro e fora do Reino Unido. Imediatamente surgiram comparações a outro grupo britânico, o Radiohead, mesmo não sendo uma influência para a banda.

Turnê mundial: Dois anos depois, em 2001, lançaram o segundo CD, Origin Of Symmetry, que teve um sucesso ainda maior que o primeiro álbum e lançou a banda em uma turnê mundial. Plug In Baby conseguiu alcançar o 11º lugar nos tops britânicos, e New Born, o 12º.

Concerto em Paris: Em 2002, lançaram o DVD Hullabaloo – Live at Le Zenith, que registra um concerto inteiro gravado em Paris. Lançaram também um CD duplo, com parte do concerto e uma seleção de b-sides gravados pela banda entre março de 1999 e outubro de 2001.

2ª turnê: Em 2003, saiu o seu terceiro álbum, intitulado Absolution. O álbum foi o nº1 no Reino Unido. Os singles Time Is Running Out e Hysteria foram sucessos imediatos, entrando para as playlists da maioria dos canais de música e rádios, dando origem a outra grande turnê. Em 2005, lançam o DVD Absolution Tour, contendo o show feito no Festival de Glastonbury no ano anterior e alguns vídeos de shows feitos na turnê americana.

1ª apresentação no Brasil: Em 2006, é lançado o álbum Black Holes and Revelations, que também estreou na primeira colocação nos tops britânicos. O primeiro single foi Supermassive Black Hole, que entrou no top 5 do Reino Unido. Durante a turnê de Black Holes And Revelations, a banda fez dois shows no estádio de Wembley, para celebrar sua reinauguração, gerando mais uma gravação ao vivo, o Haarp, lançado em 2007 em CD e DVD, contendo grande parte do show. Durante a turnê, fizeram apresentações pela primeira vez no Brasil, passando por Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.

The Resistance: Agora, a banda está fora dos palcos compondo o novo álbum The Resistance. Segundo os integrantes, as músicas serão “sinfonicamente monstruosas”.

Read Full Post »