Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Busking’

Busking: música no metrô

Underground Busking at Leicester Square

Underground Busking at Leicester Square

Viver em Londres significa, entre outras coisas, depender de transporte público. Só pelo metrô passam quatro milhões de pessoas todos os dias, das cinco e meia da manhã até pouco mais da meia-noite.

Mas na Inglaterra, a simples ação de andar de metrô, além de útil, é pura cultura.

Algumas estações do famoso underground inglês contam hoje com pequenos palcos em meia-lua, onde músicos se apresentam e tornam a viagem diária da gente um pouco mais agradável.

Esses artistas de rua que vivem do trocado que deixamos em seus chapéus são chamados de buskers.

Para evitar problemas do público com os buskers, a administração de Londres decidiu, em 2003, regularizar a atividade dos artistas no metrô da cidade. A ação veio depois de inúmeras reclamações de passageiros, que não se conformavam com o comportamento e com a qualidade do som dos artistas. Mas o problema já faz parte do passado.

Depois de realizadas audições com músicos profissionais do mundo todo, foram selecionados cerca de 400 buskers que agora tocam em 26 estações de metrô por duas horas no máximo cada um.

O esquema permite até 1200 diferentes shows por semana. Um dos pontos preferidos é na estação de Leicester Square (vídeo abaixo, foto acima).

Há vários ex-buskers famosos. Entre eles, Eric Clapton e até mesmo os Beatles. E ao que parece, a atividade de busking na Europa é apenas um caminho para o sucesso. Enquanto os contratos não chegam, os talentos continuam vivendo underground, alguns faturando alto com os passageiros.

Os nem tão talentosos assim saem muitas vezes carregando consigo centavos apenas. Resignados, dizem não ligar para isso. O que eles querem mesmo é espalhar música e amor debaixo da terra.

Pra quem acha que precisa pagar caro por música boa, fica a reflexão. Olha a animação do pessoal curtindo o busking! Alguém aí a fim de dar uma banda pela Inglaterra?

Conteúdo:  CAMINHA, Mariana. Mari na Inglaterra – Como estudar na ilha…e se divertir fora dela. Brasília: Editora Thesaurus, 2008.

Read Full Post »